Timeline

1967

A Agroceres, empresa dedicada à produção de sementes de milho híbrido, funda a Horticeres para diversificar seus negócios.

1968

A primeira unidade de sementes de hortaliças da Horticeres é montada em Igarapé/MG. Missão: desenvolver novas variedades adaptadas às condições de clima e solo brasileiros.

1971

Iniciam-se as atividades de pesquisa da empresa.

1982

A Agroceres deixa de usar a marca Horticeres. As atividades relacionadas a sementes de hortaliças transformam-se em uma divisão da empresa.

1989

É inaugurado o Centro de Pesquisas em São Joaquim de Bicas/MG, a 40 km de Belo Horizonte.

1997

A Sementes Agroceres é vendida ao grupo Monsanto.

1998

Em novembro, a SVS do Brasil Sementes Ltda., subsidiária da Seminis Vegetables Seeds, compra a marca Horticeres e a divisão de sementes de hortaliças da Sementes Agroceres SA. A SVS torna-se detentora de quatro marcas no Brasil: Horticeres, Asgrow, Petoseed e Royal Sluis.

1999

A Horticeres volta ao mercado sob o lema “Genética Nacional e Qualidade Mundial” e consolida-se como uma das principais do segmento. A nova logomarca, desenvolvida para transmitir os atributos de qualidade e modernidade na nova fase permanece vinculada ao nome Agroceres até 2002.

2000

As sementes Horticeres ganham novas embalagens: mais resistentes, para assegurar a qualidade final do produto, e mais modernas para firmar a nova fase. Depois de uma década, a Horticeres lança o catálogo da linha de hortaliças. A empresa promove o Hortishow. O evento reúne horticultores de todo país na unidade de Pesquisa, em São Joaquim de Bicas/MG.

2001

O reconhecimento dos horticultores às sementes Horticeres antecipam a mudança da logomarca em um ano. As primeiras sementes metalizadas de hortaliças chegam ao mercado brasileiro com a semente do líder Quiabo Santa Cruz. Acontece o Hortishow Nordeste, em parceria com o IPA, de Pernambuco, para divulgar a horticultura numa região de produção crescente.

2002

A Horticeres inova o mercado agrícola ao lançar o primeiro CD card para divulgar o tomate Densus, primeiro híbrido longa vida no país com resistência a um tipo de geminivírus, doença que assola os tomatais. Seguindo a linha de pioneirismo, característica da marca, realiza o I Encontro de Viveiristas de Hortaliças, primeiro do gênero voltado ao segmento, em Campinas/SP.

2003

Treze cultivares ampliam a linha de produtos com novas opções aos horticultores. A Horticeres firma parceria com distribuidores exclusivos em todas as regiões para maior intercâmbio com o produtor. Em outra inovação, lança as primeiras sementes de alfaces orgânicas, produzidas e adaptadas ao clima brasileiro: a alface lisa Luisa e a alface crespa Marianne. Em junho, entram em ação, em todo o país, os Homens do Tomate (Tomatoes Men).

2005

Anunciada venda da Seminis para Monsanto.

2007

Anunciada a venda da Horticeres a um grupo de empresários brasileiros, iniciando uma nova fase estrutural e estratégica da empresa.

2008

Mudança no lay-out das embalagens, bem como o lançamento das embalagens tipo “stand up pouches” marcam no mercado a mudança do controle acionário. Em sua nova fase, a Horticeres inicia a exportação de sementes para os países da América do Sul com o primeiro embarque para a Bolívia.

2010

Acontece a primeira edição da campanha da Solidariedade Semeie Esta Ideia da Horticeres, que foi sucesso total.

2011

Começamos os trabalhos com o Noticeres digital para as equipes de seus distribuidores.

2011

Implementado o programa 5S.

2012

A campanha da Solidariedade bate recorde de doações. Criada a campanha de vendas do Espinafre Americano Popeye.

2013

A Horticeres começa o trabaho com a Grama Bermuda e consegue colocar em todos os estádios da Copa das Confederações 2013.

 

Veja mais

Conheça um pouco mais sobre o jeito de ser da Horticeres.

Missão, visão e valores

Pioneira e Inovadora. A Horticeres Sementes é uma das mais tradicionais marcas de sementes de hortaliças do país. Fundada em 1967 hoje é uma empresa independente, de atuação no Brasil e em diversos países da América Latina.

A Horticeres, com 50 anos, não para de inovar.